Convidados

Elias Machado é jornalista formado pela UFSM – RS e Doutor em Jornalismo pela UAB, Espanha. Professor na UFSC, coordena o Laboratório de Pesquisa Aplicada em Jornalismo Digital. Consultor Ad Hoc (CAPES), (CNPq), (SBPJOR), (COMPÓS), (INTERCOM) e (FNPJ). Tem experiência nas áreas de Teorias do Jornalismo, Metodologias de Pesquisa, Jornalismo Digital e Impresso. É Pesquisador no POSCOM-UFBA desde 1993, fundou com Marcos Palacios o GJOL. Como jornalista foi diretor, editor, repórter e colaborou com rádios, jornais, revistas e assessoria no Brasil, Espanha e Portugal.

Diógenes de Luna é graduado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Federal da Paraíba. Mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Pernambuco. É professor assistente do curso de Comunicação Social da UFC, campus do Cariri e pesquisa as interações entre usuários de redes sociais na web e os grandes meios de comunicação na produção de notícias. Áreas de interesse: Novas Tecnologias em Comunicação, Jornalismo em hipermídia, Teorias do Jornalismo e da Comunicação, Web 2.0, Redes Sociais, Efeitos de Mídia (Media Effects), Linguagem e Semiótica.

Riverson Rios possui graduação em Processamento de Dados pela Universidade Federal do Ceará, mestrado em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e PhD In Computer Science pela University of Ottawa-Canadá. Atualmente é professor associado do Curso de Comunicação Social da UFC e coordenador do curso de Jornalismo da UFC. Suas principais áreas de interesse incluem Processamento Gráfico, multimídia, aprendizagem automática, fotografia digital, cultura midiática e software livre. Coordena o projeto de pesquisa Recepção do jornalismo na Internet.

Naira Ciotti é professora-performer, com Bacharelado e Licenciatura em História pela USP. Possui mestrado com o título “O híbrido professor-performer: uma prática”. Desenvolveu a pesquisa de doutorado “O museu como mídia: performance e espaço colaborativo”, no Programa de Comunicação e Semiótica da PUC/SP. Foi coordenadora pedagógica e professora-pesquisadora no Curso de Comunicação das Artes do Corpo, na PUC/SP. Atualmente desenvolve as pesquisas “EMA: Emergências Artísticas” e “Pedagogias da Performance” no Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas, na UFRN, onde publicará seu primeiro livro, intitulado “O híbrido professor-performer”.

Walmeri Ribeiro possui graduação em Comunicação Social, com habilitação em Radialismo pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; mestrado em Artes pela Universidade Estadual de Campinas. Concluiu doutorado em Comunicação e Semiótica pela PUC de São Paulo. Atualmente é professora adjunta do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Artes e Comunicação, atuando principalmente com direção e preparação de atores para cinema e audiovisual, performance, instalação interativa e produção cinematográfica.

Cesar Baio graduou-se em Comunicação Social pela Universidade de Taubaté. Possui mestrado e doutorado na área de Comunicação e Semiótica pela PUC de São Paulo. Fez estágio sanduíche no Vilém Flusser Archive durante doutorado pela Universidade de Artes de Berlin. Lecionou na Fatea e na Unip disciplinas nas áreas de criação, arte, design, produção audiovisual e tecnologias da comunicação. Tem experiência profissional na área de produção audiovisual, design, publicidade e design de interfaces. Nos últimos anos tem se dedicado à pesquisa interdisciplinar entre arte, audiovisual e tecnologia. Entre os trabalhos mais recentes estão “Sophie” e “Horizontes Invisíveis”.

wellington-junior

Wellington Junior possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará; mestrado em Comunicação e Semiótica pela PUC de São Paulo e doutorado na mesma área. Atualmente é professor adjunto do Instituto de Cultura e Arte da UFC. Coordena o Laboratório de Investigação em Corpo, Comunicação e Arte, ligado ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFC. Atua também como artista visual e performer. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em performance. Trabalha com os temas comunicação, artes do corpo, performance, semiótica e glossolalia.

Henrique Antoun possui mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, doutorado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, doutorado Sanduíche em Sociologia da Comunicação pela Université de Paris V (Renée Descartes) e pós-doutorado no McLuhan Program in Culture and Technology da Universidade de Toronto. Atualmente é professor associado 1, diretor do departamento de Fundamentos da Comunicação da Escola de Comunicação, vice-coordenador do Programa de Pós-Graduação de Comunicação e coordenador do grupo de pesquisa CIBERCULT (Laboratório de comunicação distribuída e transformação política) da UFRJ. Foi Secretário Executivo da ABCIBER (Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura) e coordenador do grupo de trabalho Comunicação e Cibercultura da COMPÓS (Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Comunicação). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Teoria da Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: cibercultura, comunicação, politica e ética.

Alexandre Mourão é graduado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e graduando em Licenciatura em Artes Visuais pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - IFCE, e mestrando em Educação pelo Programa em Educação Brasileira da Universidade Federal do Ceará (UFC). Atualmente é bolsista pela Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico pela UFC e é pesquisador do Grupo Meio Fio de Pesquisa-ação (vinculado ao IFCE) que estuda práticas de arte urbana/relacional. Iniciou sua aproximação ao Centro de Mídia Independente (CMI) em 2003, quando participou das manifestações Anti-BID, e começou a escrever para o site. Depois, começou a participar de forma orgânica das reuniões do CMI Fortaleza. Apesar da desarticulação local do Centro de Mídia Independente, que vem desde 2007, Alexandre continua atuando no CMI no âmbito nacional e ainda tenta, junto a outro militante, manter o site atualizado em relação às manifestações que acontecem no Ceará. Atualmente, Alexandre faz parte também do Coletivo arte-ativista ''Aparecidos Políticos''.

Alicianne Gonçalves é graduada em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal do Ceará. Atualmente é jornalista da UFCTV e mestranda do Programa de Pós-graduação em Comunicação da mesma instituição. Sua área de Pesquisa é: comunicação governamental e relações étnico-raciais, com foco no portal da Secretaria de Igualdade Racial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s